Arquivo da tag: Marcelo Rosenbaum

marcelo no indaba

Ontem o Marcelo falou no Indaba Design, no primeiro dia de conferências desse que hoje é considerado um dos principais eventos criativos do mundo, que está acontecendo em Cape Town, na África do Sul. Ele saiu bastante satisfeito, animado com a reação da plateia. Esse é o post  publicado no blog do Indaba e conta as boas impressões deles. (Hatuna matata!)
*

di conference | day 1 | marcelo rosenbaum

It seems to be the trend to use the old to create the new. But Marcelo Rosenbaum does it with flair.

Posted February 25th, 2010.

If there was anything that had be transfixed on Marcelo Rosenbaum, it was most definitely the personality and the passion he had for what he was doing. He was probably the first presenter to stand up in front of the audience and actually speak to them as if he was speaking to family and friends. And while the language barrier proved to be a slight problem, he definitely got his message across.

Rosenbaum is a celebrity in Brazil. I’ve heard this many times and never quite understood why he was so big there. But hearing him speak I get why. His work focuses on the underprivileged, those that don’t have a lot in their lives and he works to try give them as much as he can to improve their lives. He does this through his very own extreme home makeover TV show in Brazil – Home Sweet Home. And for this he has garnered a strong following.

But it is how he goes about doing this that really makes him interesting as a designer. Rosenbaum believes in sticking to culture and to tradition when designing, using what the people have and drawing on the past cultural heritage when decorating their homes or creating his own products. For example, many of his products draw on myths as themes, from the sea princess, to indian symbolism as well as clay making and old techniques of embroidery.

And he has managed to succeed on a vast scale. So much so that he was in charge of setting up and putting together a VIP room for one of Brazil’s largest cultural events and got away with creating a venue entirely opposite to what anyone would expect of a VIP room. From the photographs, it almost looked like a child’s room mixed with various items representing Brazilian society and he did it all by hand. The clients loved it and have asked him back every year since to work his charm on the cultural festivities.

He believes people need to find a way to give back to society and support the communities and for Rosenbaum that means helping those in the favelas to have a better life by giving them an identity – even if it’s just one person at a time.

devassa pelo avesso

Olha a matéria que o programa Avesso fez sobre a festa de esquenta no sábado de Carnaval e os bastidores do camarote.

notícias: indaba design magazine, big in brazil

A revista Indaba Design Magazine é uma publicação do Indaba e fez essa matéria, antecedendo a participação do Marcelo no Indaba Design 2010 – que acontece logo mais, de 24 a 28 de fevereiro – , inclusive antecipando o tema que aparece aqui como título: Big in Brazil. (Clique na imagem pra ver em tamanho legível)

Texto Frederico Duarte

coleção jalapa, o catálogo

Esse é o catálogo da Coleção Jalapa, fruto da vivência feita com as artesãs do capim dourado do Jalapão (Tocantins), em julho de 2009,  que o Marcelo participou a convite da artista e designer Heloísa Crocco. Um projeto de design social de relevância e grande beleza, apresentado nesse catálogo e em cada peça da Coleção Jalapa.

O Parque Estadual do Jalapão com suas maravilhas naturais é uma das maiores atrações turísticas do estado. Seu nome se origina de uma planta muito conhecida na região: a erva Jalapa-do-Brasil.

O Jalapão é uma região árida pontilhada de oásis que encanta visitantes de todo mundo.

Aqui, o cerrado, o pantanal e a floresta Amazônica se encontram num espetáculo raro, que pode ser apreciado em poucos lugares do mundo.

A região do Jalapão é cortada por uma imensa teia de rios, riachos e ribeirões, todos de águas límpidas e transparentes.

A vegetação do cerrado ralo combina com areia, dunas, serras, vales, veredas e cachoeiras de águas azuis…

É aqui que o cerrado revela o seu lado surpreendente e o fascínio do lugar não deixa dúvidas: o ecossistema Jalapão é um extraordinário patrimônio natural e este trabalho contribui para desenvolvê-lo de modo sustentável.

A diversidade da vegetação é enorme e a fauna abriga espécies raras e ameaçadas de extinção. Visitar o parque é entrar em contato com uma natureza intocada.

Coordenação Geral: Heloisa Crocco/ Design de Produto: Fernando Maculan, Heloisa Crocco, Marcelo Rosenbaum, Thaís Márquez/ Vídeo: Thomas Sellins/ Consultoria em Design: Ada Gabriela, Hemly Barsch, Juliane Gosch/ Identidade Visual e Projeto Editorial-Gráfico: Marcelo Drummond/ Fotografia: Fábio Del Re/ Texto: Aline Brabo, Alessandra Bacelar (SEBRAE Tocantins)

*

O blog acompanhou de perto o Marcelo  no Jalapão:  tem o post sobre o convite da Heloísa, as primeiras impressões sobre o Jalapão, as artesãs, o andamento do trabalho e dia do encerramento da vivência.

*

j. borges, de bezerros para são paulo

Amanhã, sábado dia 30, 11h,  é a abertura da mostra A Arte de J. Borges: do Cordel à Xilogravura, com a presença de J. Borges.

De acordo com os curadores Pieter Tjabbes e Tânia Mills, a proposta da exposição é mostrar, além da obra, o percurso desse artista autodidata, que hoje está entre os nossos grandes artistas populares com reconhecimento internacional; seu percurso de vida e expressão artística, que abrange a literatura de cordel e a xilogravura. A montagem traz um pouco da casa do artista, fotos e gravuras de seus familiares e aprendizes e ainda  um tanto de Bezerros (sua cidade natal, no agreste de Pernambuco).

Além de admiradores de seu trabalho, J.Borges nos deu a honra de criar a logomarca e duas xilogravuras que estampam a Linha Caruaru de móveis, inspirada na Feira de Caruaru, lançada em 2009 com a Micasa.

Ao lado da logo, a foto é da  Poltrona de Pau da Linha Caruaru,  cor Amarelo Sol do Agreste, que também estará na exposição, acomodando os visitantes da sala de vídeo.

+

A Arte de J. Borges: do Cordel à Xilogravura

de 31 de janeiro a 28 de fevereiro de 2010

Caixa Cultural São Paulo

Praça da Sé, 111  são paulo sp

(11) 3321 4400

terça a domingo, das 9 às 21 h

entrada gratuita