Arquivo da tag: Luis Barragan

mais imagens da casa de barragán

Já que o Marcelo não conseguiu fotografar, para matar a vontade de mostrar mais sobre a casa de Barragán, estas imagens são do livro Barragán The Complete Works.

barragan1

2barragan2

20080708-010

20080708-013

marcelo no méxico: casa do barragán

 7-11-d

Ontem fomos visitar a casa que don Luis Barragán projetou para ele mesmo- sempre dá essa curiosidade de conhecer… A casa fica num bairro bem popular da cidade, e assim foi escolhido intencionalmente. Barragán era devoto ardoroso de São Francisco de Assis. A casa tem uma estrutura de um monastério, onde dá pra perceber que cada entrada de luz, cada cor, foi minuciosamente estudada por ele. É bastante impressionante, cada ambiente que se entra é uma experiência diferente de formas, cores e luz. Já a fachada é horrivel (!), isso para não ostentar e valorizar o interior da casa. Assim Barragán pensava a sua vida… Todos os móveis foram desenhados por ele, absolutamente simples, iguais e repetidos em todos os ambientes. Pátios, aberturas e cores: tudo muito pensado e estudado como uma escultura de formas e proporções exatas. Infelizmente não se pode fotografar. Mas a imagem e a energia da casa não me sai da cabeça.

marcelo no méxico: começaram as oficinas

dsc018991

Hotel Camino Real, de Legorreta

5 miradas, encontro internacional de cor na arquitetura sustentável, é uma proposta da maior empresa de tintas do México, que convidou 5 profissionais de vários cantos do mundo para dar sua mirada de como a cor tem influência no futuro da arquitetura sustentável.

Foram selecionados 30 alunos do último ano do curso de arquitetura de várias universidades do México  e e da América Central, e cada profissional convidado fica com 6 alunos e desenvolve um projeto para ser apresentado no final do seminário.

O encontro está sendo realizado no hotel Camino Real, um hotel dos anos 60 projetado por Legorreta, arquiteto celebrado no mundo todo, seguidor de Luis Barragan. Camino Real foi seu primeiro grande projeto , sua proporção é colossal fazendo referência às construções coloniais espanhola criando vários pátios por todas as partes, e o uso de cores não poderia ser mais inspirador, muito amarelo puro e o rosa tão usado por Barragan, também presente em muitos elementos populares latinos.