Arquivo da tag: exposição

caruaru no pavilhão das culturas brasileiras

Acontece hoje a abertura da exposição Puras Misturas, que anuncia a criação do Pavilhão das Culturas Brasileiras, futuro novo museu dentro do  Parque Ibirapuera (SP), em um prédio do Niemeyer anos 50.

A mostra, de acordo com a curadora Adélia Borges,  é uma celebração da riqueza e da diversidade da cultura brasileira, apresentando peças e um diálogo entre arte erudita, popular e indígena.

Na entrada do Pavilhão, está montada uma instalação com 65 banquinhos (dos 88 que se revezarão durante a mostra), de variados formatos e materiais, onde os visitantes poderão sentar. São bancos feitos por povos indígenas, comunidades de várias partes do país, artesãos e designers – entre eles Sérgio Rodrigues, Carlos Motta, Michel Arnoult, Nildo Campolongo, Claudia Moreira Sales, Lina Bo Bardi, Marcelo Ferraz e Marcelo Suzuki.

A nossa Banqueta de Tela, da Linha Caruaru (que na imagem aí de cima aparece ao lado da Poltrona de Tela), está nesse módulo e foi doada para fazer parte do acervo do futuro museu. Fica a dica do passeio, de visitar a exposição e sentar-se à vontade.

Anúncios

gordon matta-clark até 4 de abril

Esse e o próximo são os dois últimos finais de semana para visitar a exposição do artista e arquiteto norte-americano Gordon Matta-Clark (1943-78), que está no MAM de São Paulo. Foi um dos artistas que introduziu na arte contemporânea questões sobre a vida nas grandes metrópoles e a especulação imobiliária. É conhecido por obras de grande escala, como as intervenções que fez  em prédios condenados à demolição, em Santiago, Nova York, Paris, Milão, Gênova, Antuérpia, Nova Jersey e Chicago.  Seu trabalho questiona a ocupação dos espaços urbanos, a preservação da memória da cidade, o uso indiscriminado dos recursos, a desigualdade social e alerta para o perigo das atitudes individualistas.

Muitas vezes ele fazia as intervenções com as próprias mãos

Em 1971 criou a performance e instalação Garbage Wall, que teve grande repercussão. “Numa tentativa de construir uma moradia melhor que as “casas”  de papelão usadas pelos indigentes que moravam sob a ponte do Brooklyn, em Nova York, criou uma parede sólida com refugos de fabricação industrial que encontrou por ali mesmo e que, a seu ver, poderiam ser reciclados.”

Garbage Wall fez parte da 27 Bienal de São Paulo, 2006

Agora, na exposição aqui no MAM, o setor educativo do museu reconstruiu a Garbage Wall, com apoio e participação da viúva de Gordon, Jane Crawford, numa ação educativa que mobilizou os jovens estudantes do MAM e visitantes a recolher material reciclável do Parque Ibirapuera (SP) e aprender na prática conceitos de reciclagem e sustentabilidade. E é a primeira obra que se vê, chegando à exposição.

GORDON MATTA-CLARK: DESFAZER O ESPAÇO /Museu de Arte Moderna de São Paulo /Parque do Ibirapuera / Portão 3 / de terça a domingo e feriados/ das 10h às 18/ entrada gratuita aos domingos.

j. borges, de bezerros para são paulo

Amanhã, sábado dia 30, 11h,  é a abertura da mostra A Arte de J. Borges: do Cordel à Xilogravura, com a presença de J. Borges.

De acordo com os curadores Pieter Tjabbes e Tânia Mills, a proposta da exposição é mostrar, além da obra, o percurso desse artista autodidata, que hoje está entre os nossos grandes artistas populares com reconhecimento internacional; seu percurso de vida e expressão artística, que abrange a literatura de cordel e a xilogravura. A montagem traz um pouco da casa do artista, fotos e gravuras de seus familiares e aprendizes e ainda  um tanto de Bezerros (sua cidade natal, no agreste de Pernambuco).

Além de admiradores de seu trabalho, J.Borges nos deu a honra de criar a logomarca e duas xilogravuras que estampam a Linha Caruaru de móveis, inspirada na Feira de Caruaru, lançada em 2009 com a Micasa.

Ao lado da logo, a foto é da  Poltrona de Pau da Linha Caruaru,  cor Amarelo Sol do Agreste, que também estará na exposição, acomodando os visitantes da sala de vídeo.

+

A Arte de J. Borges: do Cordel à Xilogravura

de 31 de janeiro a 28 de fevereiro de 2010

Caixa Cultural São Paulo

Praça da Sé, 111  são paulo sp

(11) 3321 4400

terça a domingo, das 9 às 21 h

entrada gratuita

osgemeos, vertigem

OSGEMEOS estão no Museu de Arte Brasileira, com a exposição Vertigem, cumprindo sua trajetória colorida, que começa nos muros grafitados do Cambuci (bairro aqui em São Paulo) e chega ao circuito de arte contemporânea, de museus e galerias ao redor do mundo.

Talento dos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo, sorte nossa. osgemeos

O universo deles, dessa vez apresentado num espaço fechado, é livre, forte e poético igual; mexe com os sentidos, faz rir e emociona, e as crianças simplesmente gostam. Quem ainda não foi, vale muito a sugestão. OSGEMEOS seguem igualmente incríveis.

Essas são imagens de alguns trabalhos da exposição, emprestadas do site  Lost Art.

04

05

12

21

23

24

25

28

30

Uma apresentação deles para a Cool Hunting Video:

Nesse vídeo, feito pela Galleria Patricia Armocida,  eles aparecem trabalhando juntos, como muitas vezes costumam fazer, à quatro mãos no mesmo desenho.

E nesse flickr, fãs do mundo colecionam imagens dos trabalhos.

*

Pra um esquenta tá bom, mas não perca a exposição!

*

OSGEMEOS Vertigem : Museu de Arte Brasileira da FAAP / Rua Alagoas, 903 – Higienópolis / de 3a a 6a feira, das 10h às 20h / Sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h. Fechado às 2as feiras / (11) 3662-7198 / Entrada Gratuita/Até 13 de dezembro/Não perca!

arte da rua gabriel monteiro da silva

A  Gabriel 470: Street Art reúne grandes artistas do grafite, que a gente  tem o prazer de ver  pelas nossas ruas por aí. Então, vale a exposição, pra vê-los juntos, na Gabriel Monteiro da Silva.

convite

 Abre hoje. Das 16h às 20h, alguns estarão pintando lá.  Fica só até dia 30 de setembro, no Espaço Gabriel 470, rua Gabriel Monteiro da Silva, 470.

Artistas (clicando no nome do artista tem link para seu flickr):

GEN

gen

Jorge Galvão

jorge galvao

Does

Alto Contraste

Cesar Profeta

Emol

Fernando Chamarelli

Binho Martins

Rodrigo Obranco

rodrigo obranco

Tikka

ikka

Zeila

zeila

OZI

ozi-porco-luis-vitao

Alexandre Anjo

Virgilio Neto

Cena7