Arquivo da tag: casa cor

boa ciranda para o dança vida

Para quem ainda não conhece, o Dança Vida é o grupo de dança dirigido pela psicóloga, dançarina e coreógrafa Paula Vital. Como se fosse pouco, o trabalho da Paula é muito maior. Há 15 anos atrás, ainda estudante, ela começou literalmente na rua: estacionava seu carro em comunidades carentes de Ribeirão Preto, colocava som na caixa e em meia hora estava rodeada de crianças acompanhando seus movimentos, improvisando coreografias. Ela fez da dança seu  instrumento de trabalho pela inclusão social. E de lá pra cá, é o que melhor tem feito por milhares de jovens que já foram beneficiados, entre tantos que se tornaram multiplicadoras do programa, e desde 2007 com o estabelecimento da Cia. Experimental Dança Vida.

Em 2006, fizemos o cenário do espetáculo Corpos de Luz que foi apresentado aqui em São Paulo, no Centro de Cultura Judaica, inspirado no livro A Terra de Mil Povos de Kaká Werá, com trilha composta por Naná Vasconcelos. Foi mesmo show! Estávamos diante de um trabalho profissional em todos os aspectos, principalmente pelos bailarinos livres, leves e soltos do estigma de jovens de risco social. A verdadeira inclusão já havia cumprido seu papel e virado esta página em suas vidas.

corpos03

corpos06

Continuamos mais amigos e apoiadores do Dança Vida. Em 2007, doamos todos os móveis que criamos para a Casa Cor para a companhia, imaginando que a renda da venda pudesse ser revertida e desse um impulso importante especialmente no projeto de construção da sede própria. Organizamos um leilão e não tivemos grande sucesso.

Semana passada, o Marcelo foi a Ribeirão assitir ao novo espetáculo e tivemos mais uma tentativa fracassada de angariar fundos através da venda dos móveis. Só que a ciranda virou à nosso favor: não vendemos os móveis, ficou evidente que seria muito mais eficaz divulgar a Cia. em Ribeirão mesmo, e por contatos feitos lá, no  próprio dia da venda frustrada dos móveis, o núcleo de Ribeirão Preto da Associação Brasileira dos Decoradores  junto com a Inês Aquino (proprietária da Loja Design Brasil) propuseram criar um projeto para a sede, a ser apresentado para a Secretaria Municipal de Cultura de Ribeirão Preto que já demonstrou a intenção de  instalar num  prédio tombado da cidade. Final feliz: os móveis cumpriram sua função e com certeza o lugar deles será decorando a nova sede!

4p

5

(… por causa do Corpos de Luz, conhecemos o Kaká Werá, que tonou-se amigo e parceiro de trabalho, que fez o Dalva e Dito com a gente e que está no projeto da nova loja da Micasa…., mas isso já são outras cirandas das cirandas!…)
Anúncios

notícias: arc design

teste2

teste3

teste4

teste6

Maria Helena Estrada
Uma característica do Marcelo? Não acontece de fazer apenas um trabalho para um novo cliente. Depois do primeiro projeto, este se apaixona e logo surgem outros. Do mais novo restaurante da moda a uma participação de grande audiência na TV Globo, passando por alguns dos mais chiques endereços comerciais de São Paulo, sua cidade, e do Brasil. E o emotivo Rosenbaum de Coração, nome do seu spot diário no programa de rádio Manhã da Globo. Vale um passeio…ou um mergulho em tamanha versatilidade.
As ondas que cortam esse ziguezague de expressões têm a cultura popular brasileira como pano de fundo. Maracatu, Iemanjá, carrocerias de caminhão, a chita e a renda são motivos recriados para louças e revestimentos; o labirinto e a renascença, rendas nordestinas, se transformam em padronagens, da mesa ao sofá. As histórias de Marcelo são assim: um cozinha na Casa Cor teve uma de suas paredes coberta por um papel impresso com o tema labirinto; uma empresa nacional de MDF se interessou em produzir, uma grande cadeia de lojas gostou do novo material e a meada foi se desenrolando…
A realidade efêmera das cenografias, principalmente no SPFW – baú de memórias e caixinhas mágicas de futuros -, são espetáculos que nos enriquecem muito mais do que os próprios desfiles. Parece que o mundo e seus zilhões de símbolos se abrem à disposição do criador. Basta lembrar as concepções do arquiteto para os lounges da Fiat, Oxford, Melissa, Diesel, entre outras marcas de prestígio, que recepcionaram seus convidados em ambientações de uma brasilidade plena de surpresas.
Mas que Rosenbaum realmente sonha é desenhar o móvel popular, barato, durável, na proporção certa para o tamanho das casas… e bonito! Não com os padrões de beleza do “fino e chic”, mas aquelebonito singelo, talvez bem colorido, talvezx cheio de brilho – ou não. Nada de estétic imposta, mas, sim, assimilada. Um móvel capaz de tocar o coração.

teste7

teste8

teste91

notícia: jornal do estado de minas, out 08

casa cor peru 08

casacor-peru-01

casacor-peru-02

casacor-peru-03

casacor-peru-04

casacor-peru-05

casacor-peru-06

casacor-peru-07

casacor-peru-08

casacor-peru-091

notícia: allexincasa.com.br

26/09/2008 10:19

Nos domínios de Testino

dsc009701

dsc00971

dsc00977

Já faz alguns meses que eu voltei do Peru, mas quando estive lá, a organização

da Casa Cor já estava meio que mobilizando Lima, a capital, com toda pompa e

circunstância, para receber esse mega-evento que começou anteontem e vai até

2 de novembro.

dsc00979

dsc00978

dsc00988

Surpresa I: Marcelo Rosenbaum, o tal, é o único brasileiro a participar da festa

dos hermanos, assinando o Loft do Jovem Colecionador de Arte. “O espaço está

super bacana, é o olhar dele sobre a cultura peruana, os artesões, as galerias de

arte e as pessoas do lugar”, contou a fofíssima Bia Azevedo, a big profissional

por trás da Marqueterie, que cuida da comunicação do Rosebambambã…

dsc00973
dsc00987
Surpresa II: Na festa de inauguração, Mario Testino, fotógrafo peruano velho

conhecido dos voguetes mundo afora, amigo de Madonna e Ana Wintour, era

só alegria no ambiente do Marcelo. Nada estranho, considerando que ele é

entusiasta de novidades. E, vamos combinar, Rosenbaum entende do riscado…

adivinhe quem veio para a abertura?

O próprio Mario Testino, figura tão inspiradora neste projeto, apareceu na noite de abertura da Casa Cor Peru e, especialmente, pra conhecer o nosso trabalho. Quer mais? Adorou a mesa pintada e que ter uma. Uma honra!

 

155

227

327

casa cor peru abre hoje

casacor-peru-021

casacor-peru-051

 

 O Loft do Jovem Colecionador de Arte, na Casa Cor Peru, está pronto pra receber visitas até dia 2 de novembro.

Aqui as primeiras imagens (outras mais profissionais virão!) e nosso muito obrigado especial para a Dpot pelas duas poltronas Paulistana, do Paulo Mendes da Rocha; ao Antonio da Livraria BKS, à Editora SENAC e à Metalivros  pelos livros de arte e arquitetura; à talentosa Mercedes que fez as cortinas direto de Pirenópolis para Lima e a Bárbara Wagner pelas fotos incríveis.

Tudo isso ao som do nosso querido Jackson Araujo, que montou uma trilha à altura do melhor da arte.

Sucesso para o trabalho de todos!

Quem quiser conhecer melhor do que o Jovem Colecionador gosta, as obras usadas são dos artistas Cristiano Fuchs, Adriana Tomatis, Ana Teresa Barbosa, Elibedon, Marco Albuquerque, Harry Chaves, Veronica Wiese, Nicole Frenchy e Marco Testino.