Arquivo da categoria: residencial

ldl 38 – família silva – duque de caixas

ANTES:

DEPOIS:

A nova casa da família Silva foi projetada com o maior numero de soluções ecologicamente corretas e sustentáveis, acompanhe cada uma delas:

– feita utilizando  sistema de construção seca, pela Brasilit. Construção seca é uma forma de construção racionalizada, com pouco desperdício e pouco impacto ambiental. Sobre esse assunto fizemos um post ROSENBAUM RESPONDE  onde você pode esclarecer algumas dúvidas !

– também aplicamos na casa sistema de captação de água de chuva para ser usado na descarga do banheiro e telhado verde sobre o bloco de serviço, diminuindo a temperatura interna do galpão.

Fachadas

A casa principal foi divida em dois blocos: o bloco íntimo (quartos), o bloco social (sala e cozinha) e todos interligados pela varanda, que serve de circulação e área de lazer.

No bloco social, a sala de estar é integrada com a cozinha, em um único espaço.

No bloco íntimo, 4 quartos + banheiro para abrigar a família que é grande

– como a fonte financeira da família era a coleta de lixo, fizemos um anexo a casa principal, o  bloco de serviço, com a lavanderia e o salão de separação de resíduos para reciclagem.

– e como as maiores mudanças estão sempre relacionadas à educação, indicamos o Instituto Solvi, um parceiro nosso, que fez o treinamento para coleta seletiva com a família, além de ensinar formas de  resuo de resíduos e a integração de toda a família  numa coopertativa, aumentando assim, a sua fonte de renda.

– em um bloco independente, fica uma usina de reciclagem para profissionalizar o trabalho.

Anúncios

festival da construção leroy merlin

O tabloide Festival da Construção Leroy Merlin está nas lojas de todo Brasil. Para essa edição, criamos o Vida Nova em Construção, que é o projeto de um espaço de trabalho que também pode virar um novo projeto de vida.

O sonho de trabalhar perto de casa. Cada vez mais gente tem e com mais razões para ter: que vão desde conforto e segurança até as questões fundamentais (e urgentes!) ligadas à sustentabilidade do nosso planeta. O lado bom é que a realização pode estar muito perto, por que não no quintal da sua casa. Apresentamos um projeto, usando como referência uma área de 5m X 8m, de um espaço compacto e funcional, que integra salão, biblioteca, cozinha, mezanino e banheiro; com telhado verde e aproveitamento de água por sistema de cisterna. Adaptável para um bom escritório, ateliê ou oficina, a menos de dois minutos a pé da sua casa. Mais que um novo endereço profissional, uma mudança de vida que, de cara, já traz ganhos de praticidade e organização para trabalhar, escolhas de respeito com os recursos naturais, conforto térmico e segurança. Uma proposta tentadora para você construir sua mudança e trazer mais qualidade para sua vida profissional e pessoal. O restante você segue construindo com o seu talento. Bom trabalho.

Dicas:

-O painel de blocos de vidro ilumina a escada, deixando seu uso mais seguro, e traz luz natural para o salão e para o mezanino. Fica bonito e econômico.

-O espelho d’água é um ótimo recurso para dividir a área de trabalho da área de serviço, segmentando o espaço sem perder a visibilidade e sensação de amplitude do ambiente integrado. Fora que para quem está trabalhando a água já traz um conforto.

Bricolagem:

-Para montar os bancos, é simples e rápido: a base é um kit sapata de vergalhão e o assento recortado na medida de uma chapa de tetrapack.

-Os mesões  de trabalho acompanham: com estrutura de vergalhão de aço e tampo de compensado pintado com tinta branca.

-O mural de referências é feito de tela de aço leve, pintada de branca, soldada na parede.

-O corrimão da escada e o guarda-corpo do mezanino são feitos de vergalhões e 19mm e 10mm, pintados de branco.

¨

¨

ROSENBAUM RESPONDE – favela surf clube

Tem um monte de gente interessado em vestir a camiseta do Favela Surf Clube e entrar nessa onda de bombar o trabalho da ONG. É uma criação da Reserva, marca de roupas carioca, e as encomendas devem ser feitas para eles no e-mail marketing@usereserva.com.br ou direto nas lojas.

Olha o shape dela, de frente:

e de costas:

*

Respondendo:  o tapete em forma de ovelha que aparece no vestiário masculino, sim, é da Tok & Stok.

*

Respondendo:  Nas paredes do auditório, o aspecto de concreto, na verdade, é uma tinta especial, chamada Efeito Concreto Aparente Suvinil.

*

ldl 38 – favela surf clube

Depois que o menino Naamã viajou com Luciano Huck e realizou seu sonho de surfar com Kelly Slater no Hawai, nem ele, nem o Favela Surf Clube foram os mesmos. Aconteceu que o FSC, ong que Naamã frequenta e que resgata jovens do complexo Cantagalo Pavão Pavãozinho através do surfe, foi escolhida para o primeiro Lar Doce Lar Social. Como disse Rogério, que é coordenador do FSC, “ o meu sonho é realizar o sonho deles”. Good vibes, galera!

FSC antes

Em um espaço de mais de 300m2, o desafio fundamental foi de melhorar o acesso, a ventilação e a iluminação que eram muito restritos, criando um ambiente funcional e acolhedor para os jovens.

¨

¨

¨

¨

FSC depois

A partir daí, a reforma foi pensada para resolver as necessidades já existentes e, principalmente, através da criação de novos espaços, abrir novas possibilidades de trabalho e organização para o Favela Surf Clube.

Pensando assim, optamos pela loja logo na entrada, para que os visitantes possam conhecer a produção FSC e que essa marca seja fortalecida como uma fonte de recurso para a ONG. Foram definidos espaços para o escritório, o auditório, o salão de atividades integradas e a fábrica de pranchas com as salas de funções específicas. Além da cozinha e dos vestiários.

A loja acompanha a estética  do surfe, com piso de deck e displays e estantes feitos com o reaproveitamento do cedrinho – que é a madeira utilizada na obra para andaimes e tapumes.

A mesa é montada com cavaletes da Tok e Stok e tampo de vidro cortado no tamanho.

¨

¨

O corredor, que era aquele túnel escuro, ganhou luz com a abertura de janelas em todas as salas e personalidade com grafite do Acme, artista da comunidade.

Técnicamente, a sala de lixa deve ter as paredes escuras para contrastar com o shape e facilitar o trabalho. Em vez do preto, optamos pelo verde, que causa o contraste necessário, mas não escurece tanto.

A fábrica de pranchas foi distribuída em cinco salas, que se comunicam internamente: lapidação, lixa, resina, pintura e lixa d’água.

¨

¨

¨

A antiga salinha de vídeo deu lugar ao auditório, com arquibancadas de alvenaria, para acomodar mais gente, com mais visibilidade. Do jeito pra receber visitantes da comunidade. A onda é desenho do Bruno Dias, nosso pratinha da casa.

Toda a hidráulica e a elétrica são aparentes, para entrar na estética mais jovem e pra reduzir custos.

¨

¨

A prancha com o morro retratado é mais um obra do Acme.

¨

¨

¨

Favela Surf Clube, logo criado pelo designer Glauco Diogenes.

*

O Favela Surf Clube funciona na Rua Saint Romain, 200, no Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro. Mais informações, envie um e-mail para favelasurfclube@gmail.com ou fale com o Rogério no (21) 8806-0669 ou com o Thiola no (21) 9774-0042.

*


rio breaks

Esse é o trailer do documentário Rio Breaks, que retrata o trabalho do Favela Surf Clube, com a participação do menino Naamã. Foi a partir desse filme que o Caldeirão do Huck conheceu a história de Naamã, que acabou levando à escolha da sede do FSC para o Lar Doce Lar.

ROSENBAUM RESPONDE – d.conceição

Sobre o novo casarão da D. Conceição, o que mais os leitores aqui do blog querem saber:

-TELHAS: no corredor, que na casa antiga era muito escuro, usamos telhas translúcidas justamente para deixar mais claro.

-BAGUÁ: além das telhas, para deixar o corredor mais iluminado e agradável (e também porque ele  é bem comprido),  pintamos as paredes de várias cores, definindo diferentes momentos, com cores inspiradas no Feng Shui – que é uma técnica chinesa milenar de harmonização de ambientes.

O Baguá (que é essa ilustração aí de cima)  é uma das ferramentas mais conhecidas e principais do Feng Shui e serve como um mapa para organizar a casa. É dividido em 8 áreas (chamadas de Guás), cada uma relacionada a uma cor e aos setores considerados mais importantes.  A sequência de cores do corredor foi azul (espiritualidade), verde (família) e um tom de lilás que está associado à prosperidade – que, afinal, é o que todo mundo deseja para o Lar Doce Lar da D. Conceição.

-MANTA ANTITÉRMICA: usamos o Aluminosol, um isolante térmico produzido pela Isover, que aplicado sob o telhado, reduz as trocas de calor e frio com o exterior da casa, proporcionando temperaturas mais amenas e mais conforto térmico.

-EFEITOS NAS PAREDES: os efeitos são da Suvinil: o quarto lilás é o Suvinil Effect Line  Metalizado Purple;  na sala de estudos o efeito pátina e tinta lousa.

-CHUVEIROS: o aparelho que aparece nos banheiros, que reduz o consumo de energia elétrica é o da Rewatt, que também usamos na casa da família Martiniano (lembra da casa da pedreira Geise?) – mais detalhes, clique aqui  pra ver o ROSENBAUM RESPONDE – família Martiniano.

a festa é sua: lar doce lar dona conceição

A primeira boa impressão foi a que ficou: no coração e na casa de Dona Conceição sempre cabe mais um.  Uma mãe sorridente e falante, de 53 filhos, entre os quais dois biológicos e 43 que vivem com ela numa casa em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Consultora espiritual bastante conhecida na cidade, faz seus atendimentos em casa.

Dona Conceição, a festa é sua!

A casa foi doada há cerca de 10 anos e levou uns 4 anos sendo ajeitada com recursos de doações: ficou com 3 pavimentos, 7 quartos, um terraço não muito grande e pouco aproveitado, cozinha, a sala de atendimentos, 3 salas de estar e área de serviço.

Pouca luz e pouca ventilação.

Apesar de grande,  o espaço  era muito mal aproveitado. Não havia camas nem armários suficientes e muitas crianças dormiam em colchonetes.

antes

depois