Arquivo do dia: agosto 20, 2009

banco-cesto

Segundo o Dicionário do Artesanato Indígena de Berta G. Ribeiro, cestaria é o conjunto de objetos – cestos-recipientes, cestos-coadores, cestos-cargueiros, armadilhas de pesca e outros -, obtidos pelo trançado de elementos vegetais flexíveis ou semi-rígidos usados para transporte de carga, armazenagem, receptáculo, tamis ou coador. Variam em tamanho, forma, decoração, técnica de manufatura, mas obedecem basicamente às exigências ditadas por sua funcionalidade.

trama

E um dos aspectos mais interessantes é que a cestaria produzida por uma determinada sociedade indígena está diretamente relacionada à cultura daquela sociedade. Os cestos que o povo Wayana produz  no Pará têm características diferentes dos que os Guaranis tramam no Rio de Janeiro ou os Tupis no sul do país.

Foi inspirados nessa tradição indígena que une beleza e função, que criamos o BANCO-CESTO. Ele tem 50cm de diâmetro e 38cm de altura, estrutura tubular em ferro soldado, é trançado com cordas  tipo PP (polipropileno) colorida, linha tropical – aquelas muito comuns em barcos.

varios_bom

Originalmente feitos para o lounge do WGSN, na SPFW de junho desse ano, os bancos ganharam asas rapidinho, e muito em breve estarão à venda na Conceito Firmacasa, produzidos pela GS Fibras Naturais.

expo

Aqui ele aparece em versão azul no espaço que montamos na House & Gift Fair.

banco_casa_e_jardim

E aqui no apartamento fotografado pela Casa & Jardim.